segunda-feira, 13 de maio de 2013

Fernando Mate, da AMETRAMO, sobre os que curam tudo: Medicina tradicional não é negócio da esquina

A EXISTÊNCIA do curandeiro ou praticante da medicina tradicional é muitas vezes colocada em causa na sociedade moçambicana, quando falta explicação científica de alguns fenómenos  que os médicos tradicionais asseguram que existem, como é o caso do feitiço, e como provar se a pessoa é ou não feiticeira.

Fernando Mathe, médico tradicional e porta-voz da Associação dos Médicos Tradicionais de Moçambique (AMETRAMO), desvendou este mistério e muitos outros, em entrevista concedida ao “Notícias”. Explicou que os que levam a que a medicina tradicional seja desacreditada são aqueles que alegam ser curandeiros e fazem publicidade enganosa na esquina, garantindo que curam até doenças incuráveis. Na sua óptica, a medicina tradicional não é negócio. Acredita também na existência de seres humanos a habitar na água e de alguns espíritos maus que circulam na via pública, chegando por vezes a causar acidentes de viação. Para mais detalhes acompanhe a conversa, cujos extractos mais significativos passamos a transcrever logo a seguir.

NOTÍCIAS (NOT) - Geralmente as acusações de feitiçaria recaem sempre sobre a mulher, e poucas vezes, aponta-se o homem, porquê?
Fernando Mate (FM) -  A resposta é simples. A mulher sempre foi frágil. Uma mulher africana sempre foi oprimida, pior quando está numa idade avançada. Ela é vista como celeiro de tudo quanto é de mal, enquanto os homens sendo feiticeiros escondem-se, mandam fazer e só agem na última hora. As acusações recaem, sobretudo, sobre as mulheres idosas porque normalmente as pessoas olham para aparência física da idosa, quando é escura demais e não se enquadra nos padrões de beleza apontados pela sociedade ou porque tem alguma deficiência ou porque tem olhos vermelhos, com rugas e associam essas características à feitiçaria. Uma pessoa bonita, clara, raras vezes é acusada de feiticeira.

NOT - Falando com toda a sinceridade, existe mesmo o feitiço?
FM - Aconselho-vos a colocarem esta questão a mim e às pessoas que confiam, apenas. Uma pergunta destas não se faz. Se vocês fizerem uma pergunta destas às pessoas que sabem enfeitiçar, correm o risco de serem enfeitiçadas, para que possam saber e acreditar que o feitiço existe. O feitiço existe, de facto.

NOT – Longe de nós pôr em causa, seja o que for. Gostaríamos de saber o  que é o  feitiço, ou melhor, quando se fala de feitiço, refere-se ao que, exactamente?
FM - Feitiço é um poder mau, secreto e individual. Às vezes a pessoa nasce com esse poder, às vezes é lhe atribuído. O feitiço é acompanhado, geralmente, por alguns espíritos fortes e extremamente maus, com capacidade de fazer maldade. Há feitiço que não precisa de medicamento. Há feitiço em que a pessoa pode fazer para que onde quer que você esteja veja a imagem dessa pessoa à sua frente. Geralmente, esse feitiço é aplicado em pessoas que têm dívidas e não querem pagar.

NOT - Qual é a diferença entre um feiticeiro e um curandeiro?
FM - Curandeiro é a pessoa que tem o poder de cura, através de uso de plantas e outros rituais e não faz mal a ninguém, pelo contrário, ele ajuda a resolver alguns problemas sociais. Contudo, há feiticeiros que se fazem passar por curandeiros e têm mais poderes que o curandeiro. O curandeiro é visto como conselheiro, ele ajuda a interpretar sonhos e pode prevenir a pessoa de alguns males sem precisar de usar medicamento de nenhuma espécie. Os considerados grandes feiticeiros usam a cobra chamada nwamulambo (dragão). Há pessoas que quando querem enriquecer buscam esse bicho ou drogas, mas o que acontece é que na família dessa pessoa morre alguém, anualmente. São coisas que acontecem na sociedade. Em segundo lugar, os grandes feiticeiros são aqueles que usam a trovoada, então são pessoas que fazem maldade aos outros. 

O feitiço compra-se

PELO que se costuma dizer, uma pessoa para ser curandeira passa por uma formação ou nasce com aquele dom.  Como é no caso do feiticeiro, qual é a sua escola?
FM - Quando a pessoa quer ter aquele poder vai comprar aos outros feiticeiros. Eles podem dar-lhe um pau ou uma garrafinha que transporta lá uma cobra ou espírito mau e ensinam como lidar com aquelas coisas, os nomes que deve dar e intitulam-lhe curandeiro. Depois de intitulados de curandeiros alguns vão ao mercado de Xipamanine comprar capulanas que geralmente são usadas pelos curandeiros para se fazerem passar por isso, compram medicamentos  e prometem que tratam esta ou aquela doença,. Por exemplo podem dizer que podem fazer conceber e se essa mulher , depois de tomar tais medicamentos, não  tiver bebé, vai dizer que os curandeiros são  mentiroso, tudo devido a estas pessoas que se intitulam de curandeiras enquanto não sabem nada, o que sabem fazer é maldade, apenas.

NOT - Como é que vocês conseguem provar que a pessoa é feiticeira?
FM - Depende da especialidade do curandeiro. Para se identificar um feiticeiro temos as nossas pedras, com as quais fazemos as nossas consultas. A pessoa é suspeita de feiticeira é submetida a um ritual que passa por tomar o mondzo(um medicamento que lhe vai fazer dizer a verdade). Quando aplicado o mondzo, pode ser em 10 pessoas, o feiticeiro denuncia-se, explica como faz o feitiço e a quem já enfeitiçou e a partir daí conseguimos provas, porque pode-se filmar e gravar as suas declarações. Quando o efeito do medicamento acaba, a pessoa já não se recorda do que terá dito. Quando a pessoa toma mondzo e realmente é feiticeira diz toda a verdade. Continue lendo aqui.

20 comentários:

  1. No museu, tem um aldrabão de um padre muçulmano, chamado de Hassane Chale, é um nampulense burlão, disse ao meu primo, vou fazer a tua mulher voltar para ti, queima 90 folhas, com palavras arábes, e depois de 1 semana, a tua vida vai mudar, este aldrabão comeu 50 mil mts e só conta histórias. Ele não brinca connosco, nós somos manachuabos, brinca connosco?

    ResponderEliminar
  2. Hei djo, esse gajo, é um grande aldrabão, já vigarizou-me quando vivia perto da Mafalala, tinha uma carrinha Nissan, vida dele é essa, mente daqui, rouba dali. HASSANE CHALE, não esqueçam desse nome e muita atenção, para não tornarem numa vítima, como eu tornei-me. Esse nampulense baixinho, devia ir para o cativeiro, dormir no chão e defecar no balde, esse sim merece.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. preciso do endereço e contato de um feiticeiro de verdade e que não seja um grande aldrabão ou mente daqui, rouba dali. obrigada.

      Eliminar
  3. Como identificar um curandeiro de um burlão?

    ResponderEliminar
  4. Como identificar um curandeiro de um burlão?

    ResponderEliminar
  5. Gostaria de conhecer um curandeiro que protegesse me junto dos meus filhos e que ajudasse meu marido a largar drogas e álcool pq estou cansadabde sofrer e já gastei mto dinheiro com burloes,PF ajudem me

    ResponderEliminar
  6. Gostaria de conhecer um curandeiro que me ajudasse a saber o paradeiro do meu pai que a 33 anos que não vejo ele está na terra do Rad

    ResponderEliminar
  7. Eu acho que a Ametram devia por uma lista de nomes e contactos dos curandeiros le inscritos e assim as pessoas iam procurar essas pessoas com mais confiança.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 861755820. Esse é um membro da AMETRAMO situa-se em inhambane distrito de massinga

      Eliminar
    2. 861755820. Esse é um membro da AMETRAMO situa-se em inhambane distrito de massinga

      Eliminar
  8. onde posso encontrar ametramo? Urgente porfavor

    ResponderEliminar
  9. 861755820 ele é um membro da AMETRAMO tem mais confiança situa-se na província de inhambane distrito de massinga conhecido por nome Atanasio Julião fungo

    ResponderEliminar
  10. 861755820 ele é um membro da AMETRAMO tem mais confiança situa-se na província de inhambane distrito de massinga conhecido por nome Atanasio Julião fungo

    ResponderEliminar
  11. Onde localizar a sede da ametramo em Maputo?

    ResponderEliminar
  12. Aqui em Maputo tem alguem de confianca?peco contacto.

    ResponderEliminar
  13. um menbro aqui em maputo contacto pfavor.

    ResponderEliminar
  14. Boa noite penso nr dum serio tou mesmo aflito

    ResponderEliminar
  15. Alguém me dê o contacto do Sr Curandeiro na entrevista?? O Sr Fernando Tembe, por favor

    ResponderEliminar
  16. Penso o numero de um membro da metramo da k de maputo

    ResponderEliminar