terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Políticos não devem ser empresários, diz Carlos Rosado de Carvalho

Economista diz que apenas o sector privado pode resolver os problemas económicos de Angola

Os políticos que querem ser empresários devem deixar a política, defendeu o economista Carlos Rosado de Carvalho para quem só o sector privado pode resolver os problemas económicos de Angola.
O economista recordou que Angola está entre os 10 piores países do mundo em termos de ambiente de negócios e alertou que “quem vai resolver este problema (de produção interna para exportar) são os privados”.
Infelizmente, disse, esses empresários fazem frente a enormes problemas de burocracia e corrupção.
O Estado não se deve meter na produção, mas sim “criar condições”, continuou o especialista, para quem é uma situação complicada porque “os nossos governantes têm interesses nos negócios’’, afirmou.
‘’Quem quiser ser empresário, deve sair do Governo’’, defendeu Carvalho, que disse continuar a alimentar o sonho de uma Angola firme no mercado das exportações.
O presidente do Conselho de Administração da Unidade Técnica para o Investimento Privado, Norberto Garcia, manifesta, no entanto, optimismo quanto às possibilidades de Angola
‘’Vamos incentivar as exportações a partir da produção interna, que deve ser de qualidade, com níveis internacionalmente aceites”, disse porque, concluiu, "a paixão dos mercados é a qualidade’’. VOA

Sem comentários:

Enviar um comentário